• Profº Perrud

Como planejar sua redação

Atualizado: Mai 10

Um guia prático com exemplos

Você acabou de ler seu texto, como ensinado aqui, e está prestes a começar a escrever a redação, certo? Não!

Um dos erros que o aluno pode cometer que mais tem o potencial de destruir nota é começar a escrever o rascunho sem um bom planejamento, tanto o é, que existe uma nota própria que analisa isso, a terceira competência do Enem, como definida pela própria cartilha, cuida do projeto de texto, que entre outras coisas, se baseia em relacionar informações de uma forma estrutura e bem organizada, para defender a sua tese.

Por isso, vamos ver ao longo desse texto como planejar sua redação de forma simples, rápida e organizada. Garantindo uma nota acima da média.

Ao longo dos tópicos, vou dar conselhos de como, efetivamente, escrever uma proposta, por isso, pegue um lápis e uma folha, os passos estarão demarcados como abaixo.

>> escrever proposta



Tese

É possivelmente uma das coisas mais básicas na redação do Enem, sabe quando é explicitado que se espera uma redação dissertativa-argumentativa, então, a “argumentativa” é definida, antes de mais nada, pela tese que você escolheu defender em um texto.

Entenda tese, nesse contexto, como a sua opinião sobre determinado recorte temático, por que ele é um problema? Ele sempre existiu? Como ele se desenvolveu na sociedade?

É muito comum você já ter uma opinião sobre determinado assunto, seja porque é algo que é muito discutido no dia-a-dia, seja porque ao terminar de ler os textos motivadores você formulou uma hipótese.

Contudo, caso você não tenha pensado em nada ainda, tente ir no banheiro, lavar o rosto e tomar uma água, isso vai ajudar seu cérebro a pensar mais sobre.

Uma dica simples de como você pode ter mais ideias, é tentar relacionar com o que você sabe sobre determinado assunto, se você conseguir pensar como e porque ele surgiu, você consegue pensar em uma opinião. Vejamos em um exemplo:

“O vício digital dos adolescentes”

A gente sabe que vício surge de um uso inapropriado de algo, fora isso, sabemos também que houve uma grande popularização de celulares e computadores nos últimos anos, dessa forma, sabemos que esse vício pode ter surgido da facilidade das tecnologias, que se popularizaram muito rápido.

>> a primeira coisa que você deve escrever na sua folha é a tese que você formulou.



Argumentação e informações legítimas

Bom, passado sua tese, que por enquanto é só uma opinião, precisamos argumentar e sustentar nossa argumentação, em outras palavras, explicar nosso ponto de vista e, objetivamente, selecionar informações válidas para provar que sua afirmação tem sentido.

Destarte, a primeira coisa que você deve saber, é que durante TODA a redação você deve tomar partido, isto é, você deve a todo momento estar expondo um ponto de vista sobre o assunto, você não deve só expor o tema, deve expor a SUA visão sobre o tema.

Segundo, perceba que além de defender um ponto de vista, é esperado que esse ponto de vista tenha algum embasamento, que deve ser legitimado, um repertório argumentativo.

Destarte, essa acaba sendo a parte mais difícil para os alunos, que devem procurar justificativas para o que está sendo afirmado, dessa forma, aprofundando sua tese em uma argumentação estruturada em torno de um ponto de vista lógico e coerente.

Segue a lista do que usar e não usar na redação como base para argumentação.


Informações válidas



Informações válidas

Todavia, vale ressaltar que se você não tem justificativas para o que está sendo usado como tese, você pode fazer duas coisas, a primeira e mais óbvia, é usar os textos motivadores, é importante saber que isso limitará sua nota, mas ainda sim, é melhor que um 0.

Além disso, pode parecer pouco óbvio, mas é possível não justificar sua argumentação em nada, e por mais que pareça um absurdo, pode render alguns pontos, desde que você tenha uma argumentação lógica e estruturada.

Caso você tenha muita dificuldade em pensar em repertório, recomendo que leia blogs de conhecimento de algumas ciências, ouça podcasts (o Filosofia Pop, por exemplo, trata de vários temas de filosofia de uma forma leve e descontraída) e busque ler livros de filosofia, história e outras ciências.

>> Abaixo da sua tese, você deve escrever pelo menos um argumento que serviria de justificativa para o que você está afirmando, mas recomendo, se possível, duas ou três.



Solucionando o problema

Por fim, a última coisa que você tem que pensar antes de fazer o esqueleto, ou projeto, da sua redação é uma ideia de proposta de intervenção, vale ressaltar antes de mais nada, que você não deve realmente escrever uma proposta agora, mas é preciso pensar numa base que você usará no fim da redação.

Mas antes de pensar na proposta, recomendo que pense no que você usou de argumento, a solução proposta deve abarcar essa questão. É importante por agora você pensar em um agente fazendo uma ação para resolver essa questão, depois você pensa nos elementos de acordo com o que já estudamos nesse texto aqui.

>> anote sua solução para o problema abaixo dos argumentos

Vamos colocar tudo em prática agora para rever o que foi visto até então. O tema é “A transfobia no sistema de saúde público”.

Nossa tese é “a desinformação das pessoas causam conflitos no sistema público”

Poderíamos por exemplo usar como argumento o fato de que as pessoas tem direito de se identificarem com gêneros diversos que não os dela, contudo a maior parte da população não é educada para respeitar esse direito, e também, que por mais que existam leis, elas não são devidamente aplicadas.

Depois, deve-se buscar dados e informações que justifiquem isso, como por exemplo, o existencialismo de Sartre, que prevê que o indivíduo escolhe a si mesmo, a notícia que o STF julgou o caso de mulher trans expulsa de um banheiro (e condenou o shopping pelo ocorrido) ou, ainda, que existe uma Lei que obriga os órgãos públicos a usarem o nome social da pessoa.

Por fim, a solução para tudo isso seria propor que o ministério da saúde fornecesse cursos para os funcionários de saúde sobre questões de identidade de gênero.

Viu, os passos para começar uma redação é:

  1. Ler o tema;

  2. Definir uma tese;

  3. Pensar em argumentos;

  4. Pensar em defesas desses argumentos;

  5. Pensar em uma solução para o problema.

Com essas informações, você está apto a escrever o texto, mas fica aqui uma dica de ouro, tente antes escrever cada parágrafo voltar para o seu planejamento, isso vai evitar que você se perca.

Algumas pessoas, podem ainda se beneficiar de escrever um mini roteiro mais aprofundado, voltando no exemplo anterior, poderia ser escrito abaixo de tudo:

Introdução: Ainda que identidade de gênero seja uma questão importante, muitas pessoas não são educadas sobre isso, por isso, a transfobia do sistema de saúde público é advinda da desinformação das pessoas, que acaba causando conflitos.

Desenvolvimento: Destarte, isso é percebido pelo desconhecimento das pessoas acerca do direito individual a identidade de gênero, que se baseia no direito a escolha, como proposto pelo existencialismo de Sartre.

Desenvolvimento: Além disso, ainda há o desconhecimento da lei por parte dos funcionários, que não foram educados para respeitar a diversidade e, por isso, são extremamente preconceituosos.

Conclusão: É preciso que haja uma reeducação dos funcionários da rede pública.

Viu, em algumas poucas linhas você deixou preparado todo seu texto, basta agora que você o escreva, aprofundando sua argumentação e ligando as partes do texto.



Exercício

Vou passar um exercício simples para você fazer ao longo do seu dia-a-dia que vai te ajudar a aumentar sua bagagem para argumentar sobre diferentes assuntos.

A ideia é sempre que você ler, ouvir ou assistir alguma coisa, você parar e refletir três pontos:

1. O que esse texto tentou informar;

2. Como ele tentou informar?

3. Por que ele informou?

Pode parecer simples, mas essas três perguntas te ajudam a interpretar qualquer texto, além de ajudarem você a criar um grande repertório de informações para serem usadas no seu texto.

Além disso, você deve sempre tentar discutir esses textos com outras pessoas, não entenda esse discutir como debater necessariamente, mas o simples fato de comentar sobre algo com seus amigos e familiares, expondo os seus pensamentos, vai te ajudar muito a se desenvolver também.

Se esse texto lhe ajudou, compartilhe com outros estudantes, abaixo tem nossa newsletter, ao assinar você recebe novos posts direto no seu e-mail. Além disso siga nosso Instagram e Facebook, onde postaremos material gratuito.

Que tal receber um aviso sempre que sair coisa nova?

Vamos ver como funciona?

Cada aluno tem suas metas, dificuldades e facildades. Por isso minhas aulas e correções de redação são feitas de forma única e personalizada, se adaptando ao tempo do aluno - tudo a

um preço justo.

Com material gratuito, relatório e tudo o mais para ajudar o aluno

  • Facebook
  • Instagram

©2020 por Vinicius Perrud