• Profº Perrud

Como introduzir seu texto

Como introduzir o tema corretamente, com dicas, exercícios e um modelo simples que funcionará em todos os seus textos

Começar é o mais difícil para muitos estudantes, seja por falta de repertório, seja para “pegar no tranco”, de fato, a introdução é importante no seu texto, pois além de ser o primeiro contato do corretor com o teu texto, é também, importante para apresentar sua tese e problematizar o tema.

A introdução, é provavelmente a parte mais mecanizada do texto, junto da proposta de intervenção, caso você leia muitas redações, você perceberá que há quase que um modelo para ela ser trabalhada, modelo este que será apresentado no fim dessa publicação, então fique atento para entender as funções que sua introdução apresenta e como executa-las.

Destarte, pode-se dividir a introdução em algumas partes simples, que são:

Introduzir o tema, problematizar e apontar sua tese.



Introdução e problematização

A introdução é, basicamente, expor o tema por meio de uma referência de mundo, seja do cinema, literatura, música, notícias e etc. Dessa forma, é preciso relacionar o tema e a referência em uma mesma lógica, trazendo ao seu texto.

Em termos simples, é uma exposição básica do assunto ou uma analogia a ser escrita no texto.

Mas, além de ser exposto, é preciso que você mostre o problema na situação, é preciso problematizar, dessa forma, apresentando o porque o fato é ruim.

Vejamos na prática com a redação nota mil de Luisa Sousa Lima Leite disponível na cartilha de redação de 2019 disponibilizada pelo Inep:

O tema é “manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”

“A Revolução Técnico-científico-informacional, iniciada na segunda metade do século XX, inaugurou inúmeros avanços no setor de informática e telecomunicações. Embora esse movimento de modernização tecnológica tenha sido fundamental para democratizar o acesso a ferramentas digitais e a participação nas redes sociais, tal processo foi acompanhado pela invasão da privacidade de usuários, em virtude do controle de dados efetuado por empresas de tecnologia. Tendo em vista que o uso de informações privadas de internautas pode induzi-los a adotar comportamentos intolerantes ou a aderir a posições políticas, é imprescindível buscar alternativas que inibam essa manipulação comportamental no Brasil”

O trecho começa com a afirmação de que a revolução técnica-científica-informacional (que é um conhecimento geográfico muito bem aplicado) foi um avanço, contudo, logo em seguida é apresentado o lado negativo, que é “a invasão da privacidade do usuário, em virtude do controle de dados”, dessa forma, a aluna mostra que conhece muito bem o tema, apresentando um excelente repertório, mas também mostra que sabe que o tema é um problema na sociedade.



Apontar a tese

Por fim, é muito importante que você aponte sua tese logo na introdução, dessa forma você assume uma postura argumentativa logo no início do texto, como nós comentamos nesse post, por isso é importante desde o começo você apresentar o que será argumentado.

Vejamos na prática com a redação nota mil de Pedro Assaad Salloum Moreira Da Rocha disponível na cartilha de redação de 2019 disponibilizada pelo Inep:

O tema é “manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”

“As primeiras duas décadas do século XXI, no Brasil e no mundo globalizado, foram marcadas por consideráveis avanços científicos, dentre os quais destacam-se as tecnologias de informação e comunicação (TICs). Nesse sentido, tal panorama promoveu a ampliação do acesso ao conhecimento, por intermédio das redes sociais e mídias virtuais. Em contrapartida, nota-se que essa realidade impôs novos desafios às sociedades contemporâneas, como a possibilidade de manipulação comportamental via dados digitais. Desse modo, torna-se premente analisar os principais impactos dessa problemática: a perda da autonomia de pensamento e a sabotagem dos processos políticos democráticos”

Assim como no outro texto, aqui o aluno começa com uma afirmação com cunho histórico/geográfico, contudo ele aborda as TICs, diferente da outra estudante, mostrando originalidade, mesmo com uma abordagem muito próxima, em seguida ele põe uma questão maléfica desse fato, “impôs novos desafios à sociedades contemporâneas, como a possibilidade de manipulação comportamental via dados digitais”.

Por fim, o aluno mostra sua tese, “a perda da autonomia de pensamento e a sabotagem dos processos políticos democráticos”.

Dessa forma, ele deixa claro seu posicionamento, e, além disso, ainda deixa indícios do que será tratado nos próximos capítulos, é uma introdução excelente!



O modelo básico e como ele é usado por grande parte das redações

Com base nesses dois trechos você pode já ter percebido que a introdução segue, normalmente, uma estrutura próxima dessa:

Origem do problema (normalmente um conhecimento de história ou geografia) +

Contraponto ou continuidade (porque aquilo se tornou um problema ou então uma afirmação de que aquele problema antigo continua hoje numa nova forma) +

Tese (deixar claro seu posicionamento)

Vejamos outros exemplos, todos retirado da cartilha de redação de 2019:

“A utilização dos meios de comunicação para manipular comportamentos não é recente no Brasil: ainda em 1937, Getúlio Vargas apropriou-se da divulgação de uma falsa ameaça comunista para legitimar a implantação de um governo ditatorial. Entretanto, os atuais mecanismos de controle de dados, proporcionados pela internet, revolucionaram de maneira negativa essa prática, uma vez que conferiram aos usuários uma sensação ilusória de acesso à informação, prejudicando a construção da autonomia intelectual e, por isso, demandam intervenções. Ademais, é imperioso ressaltar os principais impactos da manipulação, com destaque à influência nos hábitos de consumo e nas convicções pessoais dos usuários” (redação de Natália Cristina Patrício da Silva)

A aluna mostra como sempre houve a utilização da comunicação para a manipulação (origem histórica), com o exemplo de Vargas, contudo, ela informa que há uma diferença hoje (contraponto), no fim ainda apresenta sua tese “Ademais, é imperioso ressaltar os principais impactos da manipulação, com destaque à influência nos hábitos de consumo e nas convicções pessoais dos usuários”.

“O advento da internet possibilitou um avanço das formas de comunicação e permitiu um maior acesso à informação. No entanto, a venda de dados particulares de usuários se mostra um grande problema. Apesar dos esforços para coibir essa prática, o combate à manipulação de usuários por meio de controle de dados representa um enorme desafio. Pode-se dizer, então, que a negligência por parte do governo e a forte mentalidade individualista dos empresários são os principais responsáveis pelo quadro.” (redação de Mattheus Martins Wengenroth Cardoso)

O aluno faz analogia a um fato, que não entra aqui como conhecimento histórico pela obviedade, mostrando assim a origem do problema, apontando a continuidade que se deu na tentativa de combater a prática de venda de dados particulares, por fim apresenta a tese que enquanto o governo negligenciar isto e os empresários continuarem individualista nada mudará.



Conclusão

Vimos que a introdução é a porta de entrada do texto, e por isso, tem que apresentar o tema, a importância do tema (problematiza-lo), além disso, tem que mostrar sua tese e argumentos.

Se o texto te ajudou, sinta-se a vontade para compartilhar com outros estudantes e se inscrever na nossa newsletter abaixo, para sempre receber novos posts.

Que tal receber um aviso sempre que sair coisa nova?

Vamos ver como funciona?

Cada aluno tem suas metas, dificuldades e facildades. Por isso minhas aulas e correções de redação são feitas de forma única e personalizada, se adaptando ao tempo do aluno - tudo a

um preço justo.

Com material gratuito, relatório e tudo o mais para ajudar o aluno

  • Facebook
  • Instagram

©2020 por Vinicius Perrud